AtualidadeCompensação

Aumentar os vencimentos nem sempre é uma ideia luminosa…

Em abril deste ano, Dan Price o CEO da Gravity Payments, uma start up americana, aumentou o vencimento mínimo dos seus colaboradores para 70 000 $/ano. Uma iniciativa que afinal não agradou a toda a gente.

Dan Price deve estar agora arrependido pois quando julgava aproveitar o sucesso da empresa e assim aumentar toda a gente, o seu generoso gesto é agora considerado como tendo sido um tiro no pé. Em abril, toda a gente aplaudiu a decisão tanto a nível interno como externo, tanto os colaboradores como a comunicação social.

Hoje em dia, a sua generosidade aumentou as tensões entre colaboradores. Assim, certos funcionários ficaram com um sentimento de ter sido lesados: toda a gente teve um aumento idêntico e ao mesmo tempo. Os mais trabalhadores ficaram com o mesmo ordenado do que os que apenas cumpriam estritamente o horário. Dan Moran, um programador que entretanto deixou a empresa explicou ao New York Times que “As pessoas que só vinham picar o ponto ficaram a ganhar tanto como eu”. Para ele, como para outros o facto de o seu vencimento ter sido revelado nos jornais também foi complicado.

O anúncio de abril passado deu uma enorme visibilidade à empresa que não estava preparada para uma exposição mediática tão importante. O efeito imediato foi a receção de milhares de candidaturas, convites para o CEO aparecer em programas de televisão e muitas mensagens nas redes sociais.

Por outro lado, uma parte dos clientes também abandonou a empresa porque acharam que a mensagem que o aumento dos vencimentos transmitiu era errada numa altura em que se discutia nos Estados Unidos o aumento do salario mínimo.

Previous post

Portugal é um dos países com menos dias de férias

Next post

Quais os principais complementos ao salário e benefícios em Portugal

Cristina Barros

Cristina Barros

No Comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *